Unity recua, mas ainda estamos confusos

Advertising


Temos o prazer de anunciar o retorno do GamesBeat Next, realizado em São Francisco em outubro, onde exploraremos o tema “Playing the Edge”. Inscreva-se para falar cá e saiba mais sobre oportunidades de patrocínio cá. No evento, também anunciaremos as 25 principais startups de jogos porquê 2024 Game Changers. Inscreva-se ou indique hoje!


A Unity está recuando em sua novidade (e altamente controversa) política de taxas de tempo de realização. A empresa planejou cobrar dos desenvolvedores por cada download de jogo em seguida atingir certos limites. Essa mudança foi amplamente criticada e gerou um boicote aos Unity Ads por segmento dos principais estúdios de desenvolvimento.

Advertising

Depois de pedir desculpas aos desenvolvedores, o Unity anunciou que a política só se aplicará aos jogos desenvolvidos na próxima versão do Unity. Esta versão será lançada em 2024 (ou mais tarde). Os jogos criados nas versões atualmente suportadas do Unity não serão afetados.

Para jogos desenvolvidos na próxima versão do Unity, “a taxa só será aplicável depois que um jogo ultrapassar dois limites: US$ 1.000.000 (USD) em receita bruta (últimos 12 meses) E 1.000.000 de compromissos iniciais”, disse Unity em uma postagem no blog. Mal os jogos ultrapassarem esses dois limites, será cobrada aos desenvolvedores a taxa de tempo de realização com base nos compromissos iniciais mensais ou em 2,5% da receita bruta mensal do jogo – o que for menor.

Advertising

“Seus jogos atualmente enviados e os projetos nos quais você está trabalhando não serão incluídos – a menos que você opte por atualizá-los para esta novidade versão do Unity. Garantiremos que você cumpra os termos aplicáveis ​​à versão do editor Unity que você está usando – contanto que continue usando essa versão”, disse Marc Whitten, presidente do Unity Create, em uma epístola oportunidade.

Evento

GamesBeat Próximo 2023

Junte-se à comunidade GamesBeat em São Francisco de 24 a 25 de outubro. Você ouvirá as mentes mais brilhantes da indústria de jogos sobre os desenvolvimentos mais recentes e sua opinião sobre o horizonte dos jogos.

Saber mais

Unity atualizou sua política de taxas de tempo de execução, o que gerou polêmica entre os desenvolvedores
Principais atualizações nas alterações na política de taxas de tempo de realização do Unity.

Aliás, o Unity está removendo mais barreiras para seu nível de usuário pessoal gratuito. O serviço permanecerá gratuito e nenhuma taxa de realização será cobrada. Aliás, a Unity também está aumentando o limite de receita de US$ 100.000 para US$ 200.000 e removendo a exigência de incluir uma tela inicial “Made with Unity”.

Isso salvará a Unidade?

O proclamação inicial do Unity gerou reação generalizada dos desenvolvedores. O Unity é amplamente utilizado para jogos gratuitos, onde uma taxa de download seria particularmente onerosa. A mudança abrupta de política também prejudicou a crédito entre os desenvolvedores que usam o Unity e o obreiro do mecanismo de jogo.

Aliás, Whitten também disse à Axios que as taxas de realização de jogos distribuídos por meio de serviços de assinatura porquê o Game Pass do Xbox seriam pagas pelas próprias plataformas de distribuição. Não está simples se esta política mudou ou porquê foi recebida por empresas porquê Microsoft, Sony e Nintendo.

Dean Takahashi da GamesBeat discutiu hoje em detalhes essas mudanças de política.

A Unity também anunciou que realizaria um bate-papo ao lado da lareira. O pai Jason Weimann apresentará Whitten ainda hoje – às 16h ET/13h PT – para responder diretamente às perguntas dos desenvolvedores.

Credo da GamesBeat ao estancar a indústria de jogos é “onde a paixão encontra os negócios”. O que isto significa? Queremos racontar porquê as notícias são importantes para você – não somente porquê um tomador de decisões em um estúdio de jogos, mas também porquê um fã de jogos. Quer você leia nossos artigos, ouça nossos podcasts ou assista aos nossos vídeos, a GamesBeat o ajudará a aprender sobre a indústria e a se divertir com ela. Conheça nossos Briefings.

Pablo Oliveira
Pablo Oliveirahttp://pcextreme.com.br
Sou diretamente responsável pela manutenção, otimização, configuração e SEO de todos os sites de minha propriedade. Além disso, atuo como colunista, editor e programador.

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos recentes