Relatório: Activision e Remington fecharam tratado de colocação de resultado Call of Duty

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

A gigante editorial norte-americana Activision supostamente fez um tratado para apresentar uma arma fabricada pela Remington em Call of Duty: Modern Warfare 2 de 2009.

Isso é de tratado com uma reportagem do Wall Street Journal, baseada em documentos internos divulgados uma vez que secção de uma ação movida por pais de crianças mortas no troada de Sandy Hook em 2012. Esses memorandos mostram que a Remington – e sua logo controladora, Freedom Group – fizeram um tratado com a Activision Blizzard para apresentar seu Rifle de Combate Adaptativo no título.

PUBLICIDADE

Os executivos aparentemente tentavam erigir a fidelidade à marca junto aos mais jovens.

“Com a crescente urbanização e o declínio do aproximação a áreas de tiro/caça, o principal meio para jovens potenciais atiradores entrarem em contato com armas de queima e munições é através de cenários de jogos virtuais”, dizia um memorando do Freedom Group.

Oriente tratado foi mantido secreto e nenhum numerário mudou de mãos.

PUBLICIDADE

O processo contra a Remington ocorreu devido ao vestuário de o rifle AR-15 da empresa ter sido usado durante o troada em Sandy Hook. Os negócios da Remington dispararam a partir de 2017, à medida que entrava e saía da falência. Eventualmente, a empresa faliu em 2020.

PCGamesInsider.biz entrou em contato com a Activision para comentar



Pablo Oliveira
Pablo Oliveirahttp://pcextreme.com.br
Sou diretamente responsável pela manutenção, otimização, configuração e SEO de todos os sites de minha propriedade. Além disso, atuo como colunista, editor e programador.

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos recentes