Proprietário do WordPress.com compra aplicativo de mensagens tudo-em-um Texts.com por US$ 50 milhões

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

A Automattic, proprietária do WordPress.com e do Tumblr, está adicionando outra empresa ao seu portfólio com a notícia de hoje de que adquiriu o aplicativo de mensagens tudo-em-um Texts.com por US$ 50 milhões. O aplicativo reúne todos os seus aplicativos de mensagens em um único pintura, incluindo iMessage, Slack, WhatsApp, Instagram, Telegram, Messenger, LinkedIn, Signal, Discord e X, com planos para mais no porvir, anunciou uma postagem no blog da empresa.

Embora outras empresas tenham tentado fazer alguma coisa semelhante – porquê o Beeper – Texts.com oferece criptografia ponta a ponta de seus bate-papos e outros recursos que os usuários sempre desejaram, porquê a capacidade de agendar mensagens em um horário profíquo para o destinatário, não somente para você. Outrossim, você pode marcar mensagens porquê não lidas mesmo em serviços que não oferecem esse recurso, permitindo lembrar de verificar aquela mensagem novamente quando retornar, além de obter resumos de longos bate-papos em grupo que você perdeu.

PUBLICIDADE

A empresa explicou seu interesse na plataforma de mensagens em um pregão, dizendo que a obtenção lhe permite entrar em um “quarto mercado que é segmento integrante da experiência web moderna: mensagens”.

A Automattic já oferece WordPress para publicação online, WooCommerce para transacção eletrônico e Tumblr para blogs e um conjunto de ferramentas de anúncios. Ela também adquiriu um aplicativo de registro em quotidiano, Day One, e um aplicativo de podcasts Pocket Casts, em 2021 e, mais recentemente, um plug-in ActivityPub que permite que blogs WordPress se conectem à rede mais ampla de aplicativos de redes sociais interconectados, mas descentralizados, porquê Mastodon, coletivamente sabido porquê fediverso.

Com a obtenção, o fundador da Texts.com, Kishan Bagaria, se juntará à empresa porquê o novo director de mensagens, junto com o restante da equipe distribuída da Texts.com.

PUBLICIDADE

The Verge relatou pela primeira vez a notícia da obtenção.

Falando ao podcast Pivot, o proprietário da Automattic, Matt Mullenweg, explicou que, em segmento, segmento do libido pelo congraçamento nasceu de uma frustração pessoal – todo mundo tem vários aplicativos de mensagens e é difícil rastrear para quem você enviou mensagens em cada um deles.

“Eu fiquei meio moroso e portanto entrei no mercado e na verdade a Automattic acabou fazendo alguns investimentos nesse espaço nos últimos anos, inclusive na Element, que é uma empresa Matrix, Beeper, que é outro aplicativo, que tem algumas coisas parecidas, mas diferentes, e se deparou com o Texts, e realmente ficou seduzido com o resultado”, explicou.

Outrossim, ele disse que gosta de trabalhar em áreas nas quais você possa passar o resto da vida.

Mas Mullenweg também apontou o moderno quadro regulamentar porquê alguma coisa que tornou o negócio mais viável. Com as regulamentações da UE, ele acreditava que seria mais difícil para a Apple, Google e Meta bloquear um player menor porquê o Texts porque é centrado no usuário, funciona no lado do cliente e é 100% criptografado.

“Portanto, é tão seguro quanto seus aplicativos de desktop”, disse ele. (A Apple tem lutado contra a lhaneza de sua plataforma iOS para lojas de aplicativos de terceiros porque elas são menos seguras que as suas. Aparentemente, ela não poderia apresentar o mesmo argumento com Texts.com.)

Segundo o site do Texts, as mensagens nunca são enviadas para seus próprios servidores – elas são enviadas diretamente para as plataformas, e é mal conseguem preservar a criptografia ponta a ponta. Em outras palavras, eles funcionam exatamente porquê os aplicativos oficiais. Seus servidores também não hospedam dados confidenciais, mensagens ou credenciais de conta, e todos os dados permanecem no seu dispositivo.

Mullenweg também acredita que colocar um aplicativo de mensagens nas mãos de uma empresa porquê a Automattic – uma empresa de tamanho considerável que não é considerada segmento da “Big Tech” – permitirá desenvolver textos mais rapidamente e manter seu foco. Ele sugeriu que grandes empresas, porquê o Google, muitas vezes não transmitem mensagens corretamente. (Na verdade, o Google teve tantas iniciativas de mensagens diferentes em determinado momento que se tornou uma piada manante.) Outrossim, o iMessage foi bloqueado no ecossistema da Apple, o que exclui a participação de pessoas que não tenham um iPhone ou Mac. Os adolescentes norte-americanos, em privado, estão presos ao universo Apple por justificação das bolhas azuis, informou o Wall Street Journal no ano pretérito.

O fundador da Automattic também disse que Texts.com se encaixa na empresa por justificação de seus valores centrados no usuário, vinculados à maneira porquê tenta oferecer suporte a tudo o que as pessoas usam para mensagens.

“Uma vez que usuários, usamos todas essas coisas. E as empresas querem fingir que não, mas todos nós queremos. Logo, isso também é alguma coisa para o qual adotamos uma grande abordagem… somente tentamos integrar com tudo. O código descerrado também facilita, porque as pessoas podem grafar plug-ins para qualquer coisa”, disse ele. “Logo, acho que se você mantiver essas três coisas em mente, poderá competir com os grandes e, de vestuário, prosperar.”

Texts.com está disponível por US$ 15 por mês para a maioria dos usuários ou US$ 30 por mês para empresas. Ele roda em Mac, Windows e Linux com aplicativos para iOS e Android a caminho. O iMessage é patível somente com Mac e SMS somente com o iMessage. WhatsApp, Telegram, Signal, Messenger, Twitter, Instagram, LinkedIn, IRC, Slack e Discord DMs também são oferecidos.

Pablo Oliveira
Pablo Oliveirahttp://pcextreme.com.br
Sou diretamente responsável pela manutenção, otimização, configuração e SEO de todos os sites de minha propriedade. Além disso, atuo como colunista, editor e programador.

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos recentes