Intel lança novos patches para virtualização Thread Director e oferece um impressionante aumento de desempenho de 14%

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O Thread Director Virtualization da Intel, responsável pelo manuseio de núcleos “híbridos”, estreou no Linux, apresentando um impressionante aumento de desempenho.

Intel se concentra em tornar a experiência de CPUs híbridas no Linux muito mais otimizada, principalmente em virtualização, com suporte otimizado ao Thread Director

O Thread Director da Intel ajuda a melhorar o desempenho dos processadores híbridos P-Core e E-Core da empresa, direcionando de forma inteligente as cargas de trabalho para os núcleos certos, no momento claro. Ele foi projetado para funcionar com a arquitetura de núcleo híbrido da Intel, que combina núcleos P de cumeeira desempenho com núcleos E mais eficientes. É a maneira da Intel fornecer um caminho para que seus núcleos trabalhem juntos para produzir desempenho ideal. O novo conjunto de patches da Intel finalmente trouxe o recurso para o Linux, junto com várias melhorias no kernel do Linux para tornar o gerenciamento de tarefas mais eficiente.

PUBLICIDADE

Phoronix revela que o novo conjunto de patches introduzido pela Team Blue não só trouxe suporte avançado para Thread Director, mas a empresa também se concentrou na realização de Máquinas Virtuais (VMs) em sistemas híbridos da Intel através da Virtualização Thread Director. É indumento generalidade que o uso de VMs, principalmente para sistemas host Linux, tem sido bastante disseminado, pois permite que os consumidores interajam com vários sistemas operacionais simultaneamente. Através da renovação da virtualização nos sistemas Intel, foi relatado que o gerenciamento de tarefas se tornou muito mais eficiente, resultando em um desempenho murado de 14% melhor.

Manancial da imagem: Kernel.org

O teste foi feito no benchmark 3DMark utilizando uma VM Windows e, no universal, a experiência de virtualização ficará muito melhor com sistemas híbridos Intel. Cá está uma vez que os patches descreveram a novidade atualização:

Resumindo, o objetivo deste conjunto de patches é habilitar a lógica de agendamento baseada em ITD no Guest para que o Guest possa agendar melhor as tarefas do Guest nas plataformas híbridas Intel.

Atualmente, o ITD é necessário para VMs do Windows. Com base no suporte à virtualização ITD, o Windows 11 Guest pode ter uma melhoria significativa no desempenho (por exemplo, no i9-13900K, até 14%+ melhoria no 3DMARK).

Com levante conjunto de patches, espera-se que possamos ver mais atualizações com foco na otimização do desempenho das CPUs de núcleo híbrido da Intel no Linux.

PUBLICIDADE

Manancial de notícias: Phoronix

Compartilhe esta história

Facebook

Twitter

Pablo Oliveira
Pablo Oliveirahttp://pcextreme.com.br
Sou diretamente responsável pela manutenção, otimização, configuração e SEO de todos os sites de minha propriedade. Além disso, atuo como colunista, editor e programador.

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos recentes