FTX fez uso indevido de fundos de clientes, testemunha profissional em contabilidade que ajudou na delação da Enron

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Os depósitos dos usuários foram usados ​​para investimentos, imóveis, contribuições políticas e filantropia, disse o professor

O Sam Bankman-Fried o julgamento já dura 11 dias e as testemunhas continuam a depor em nome do caso da delação. O difamado ex-cofundador da FTX e da Parque está sendo julgado por sete acusações criminais relacionadas a fraude e lavagem de verba.

Na quarta-feira, Peter Easton, professor de contabilidade da Universidade de Notre Dame, testemunhou sobre se o colapso da FTX foi ou não fundamentado em fraude. Easton também ajudou funcionários do governo a processar escândalos anteriores porquê Enron e WorldCom.

PUBLICIDADE

Easton foi contratado pelo Departamento de Justiça dos EUA para rastrear os bilhões de dólares que fluíram entre a Parque e a FTX, muitos dos quais eram fundos de clientes. Ele forneceu análises rastreando e compilando milhares de páginas de extratos bancários e documentos internos da FTX. Quando os promotores perguntaram a Easton se a FTX alguma vez gastou fundos de usuários, ele disse: “ah, sim”.

Os depósitos dos usuários da FTX foram usados ​​pela bolsa e sua empresa mana Parque Research para investimentos, imóveis, contribuições políticas e filantropia, acrescentou Easton.

No início desta semana, o ex-executivo sênior da FTX, Nishad Singh, testemunhou em linhas semelhantes. Singh disse que Bankman-Fried e outros executivos da FTX gastaram US$ 8 bilhões em fundos de clientes em imóveis, investimentos de capital de risco, doações de campanha, acordos de patrocínio e até mesmo na marca de um estádio esportivo.

Singh, que já se declarou culpado de fraude, lavagem de verba e violação das leis de financiamento de campanha, disse na segunda-feira que soube do enorme buraco nos livros contábeis da Parque porquê resultado de um erro de codificação que “impediu a contabilização correta” dos depósitos dos usuários em murado de US$ 8 bilhões. Ele também testemunhou que Bankman-Fried era “em universal quem tomava a decisão final sobre os investimentos e as decisões da equipe de investimento porquê um todo”.

Easton testemunhou que em junho de 2022, a FTX tinha somente US$ 2 bilhões disponíveis para saques, embora murado de US$ 11,3 bilhões tivessem sido depositados pelos usuários.

Na idade, a FTX gastou US$ 228 milhões em imóveis e murado de US$ 195 milhões em “insiders”, ou executivos da FTX e Parque, testemunhou Easton. Os promotores levantaram gráficos que rastreiam as entradas e saídas de fundos de clientes da FTX por vários caminhos. O governo também mostrou evidências de mensagens da empresa no Slack entre Bankman-Fried e outros funcionários, indicando que eles sabiam de onde vinham os fundos e para onde eram alocados.

O fundo de hedge Modulo Capital, com sede nas Bahamas, cofundado por um dos ex-namorados de Bankman-Fried – Xiaoyun “Lily” Zhang – recebeu mais de US$ 400 milhões em capital da Parque proveniente de fundos de clientes da FTX, testemunhou Easton. Durante o interrogatório, afirmou que rastreou o investimento do Módulo através da base de dados FTX.

Embora o investimento do Módulo tenha sido uma quantia enorme, não foi a única transação que utilizou fundos de clientes – Easton testemunhou que sua investigação sobre a FTX e a Parque descobriu que os fundos dos clientes foram usados ​​para a maior secção do investimento da FTX em empresas porquê Celsius, Anchorage, SkyBridge Capital de Anthony Scaramucci, muito porquê a empresa de mineração de bitcoin Genesis Do dedo Assets.

Embora algumas aplicações de capital tenham sido totalmente financiadas por fundos de clientes, outros investimentos tiveram somente “alguns” fundos de clientes, disse Easton. A realce pouco faz para fugir o quadro de fraude que o governo está a elaborar.

Pablo Oliveira
Pablo Oliveirahttp://pcextreme.com.br
Sou diretamente responsável pela manutenção, otimização, configuração e SEO de todos os sites de minha propriedade. Além disso, atuo como colunista, editor e programador.

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos recentes